Novidades

Cenário 2022: startups latinas

outubro 14, 2022
Cenário 2022: startups latinas

O ecossistema de startups latinas chama a atenção do mundo todo pelo rápido desenvolvimento e concentração de negócios promissores, que só nos primeiros três meses de 2022 levantaram R$2.8 bi em investimentos. Entenda melhor o potencial da região e saiba quais são os mercados que mais chamam a atenção dos investidores. 

Os investimentos via venture capital na América Latina tem crescido ano após ano. Segundo levantamento feito pela LAVCA (Association for Private Capital Investment in Latin America), em 2021, o valor investido chegou a US$15.7 bi, o que representa mais de três vezes o recorde anterior, de 2019, com US$4.9 bi. O montante atingido em 2021 é, inclusive, maior do que a soma dos valores investidos nos últimos 10 anos. 

Como consequência do desenvolvimento da região, diversos unicórnios têm despontado. Em 2021, 16 startups ultrapassaram a marca de US$1 bi em valuation, são elas: Bitso, CargoX, Clara, Clip, CloudWalk, Facily, Konfio, olist, MadeiraMadeira, Merama, Mercado Bitcoin, MURAL, NotCo, Tiendanube/Nuvemshop, Ualá e unico. 

Setores de destaque na região 

De acordo com dados publicados pela LAVCA, entre os três primeiros setores de maior destaque na América Latina estão, fintech, e-commerce e proptech. O setor de fintech sai na frente com um total de US$6.1 bi investidos, seguido por US$3.9 bi em e-commerce e USS$1.4 bi em proptech, como é possível acompanhar na tabela abaixo: 

Total de capital investido por setor
Fonte: LAVCA. Data as of December 31, 2021

Entre as fintechs, as verticais mais investidas desde 2019 são crédito para consumidor e bancos, no entanto, os investidores estão começando a apoiar outras vertentes financeiras, como tecnologias de pagamentos, serviços bancários e Buy-Now-Pay-Later (BNPL).

Mercados mais promissores da América Latina 

A pesquisa publicada pela LAVCA aponta seis países na América Latina como os maiores mercados quando falamos do setor de inovação, são eles: Brasil, México, Colômbia, Argentina, Chile e Peru. 

O Brasil sai na frente com o maior número de investimentos e a maior soma investida nos anos de 2019, 2020 e 2021, acompanhe na tabela abaixo. De 2020 a 2021, o crescimento ano a ano foi de 47%  para o número de negócios fechados e 215% no total investido em dólares – soma que chegou a mais de US$7,5 bi em 2021. 

Maiores mercados da América Latina
Fonte: LAVCA. Data as of December 31, 2021

Em segundo lugar vem o México, que em 2021 recebeu um total de investimento de US$ 3.5 bi, o que representou um crescimento de 328%, comparado ao total de 2020, de US$835 milhões. 

Em seguida, a Colômbia fechou 2021 com um total de investimentos de US$1,5 bi, valor 230% maior que o total de 2020 (US$472 milhões). Argentina, Chile e Peru ficam em quarto, quinto e sexto lugares, respectivamente, com um total de investimentos menor, mas com crescimentos significativos ano após ano (acompanhe na tabela). 

Startups latinas 

O rápido desenvolvimento do ecossistema de inovação da região e o surgimento de negócios promissores têm feito com que investidores de todo o mundo procurem oportunidades de investimento por aqui. 

Startups latinas podem aproveitar essa oportunidade para buscar investimentos estrangeiros e ter acesso a fundos de venture capital de mercados mais consolidados, para além do território nacional. 

Fundos dos Estados Unidos, por exemplo, têm mais maturidade de mercado e mais capital disponível para investimentos. Outro ponto importante é que a competitividade em países como os EUA é maior, por isso, VCs costumam estar dispostos a oferecer propostas mais atrativas para fechar um acordo. Conheça outras vantagens aqui!

Trace e startups latinas 

Na Trace, nós fomentamos a expansão de startups latinas, por meio de conteúdos de valor, eventos que permitem a conexão entre startups latinas e fundos de venture capital, além de descomplicar a transferência da rodada do exterior para o Brasil, assim que ela é recebida pela empresa. 

Conheça melhor nossas soluções e saiba como nós podemos contribuir com a sua startup, clique aqui! 

—————–

Author


Rafael Luz – Co-founder at Trace Finance